22.3.13

EVERYONE FREAKS OUT, WHEN THINGS DON'T MATCH













  



Ontem eu e a Carla saímos para comprar alguns materiais que precisávamos para construir uns acessórios para umas fotografias que queremos tirar em breve.
Mas à última da hora decidi levar a máquina fotográfica para poder registar o momento.
Achei que era uma boa altura para mencionar algo que me acontece com alguma frequência. Naqueles dias em que não se faz ideia do que vestir e tudo parece ficar ridículo e começamos a perder a paciência e a juntar coisas que se não fosse pela irritação nunca o faríamos e no fim temos algo que parece razoavelmente interessante mas mal pomos os pés na rua é que nos apercebemos do que realmente fizemos com a roupa e que parece um quadro abstrato de mau gosto. Bem, foi mais ou menos a minha quinta feira.

Eu costumava ficar mais frustrada, mas isso foi antes da minha obsessão pela confusão de roupas e combinar coisas sem sentido começou. Em muito graças ao Style like U e pessoas como a Eleonor Hardwick, Arabelle Sicardi e recentemente a artista mais criativa que já conheci com apenas 17 anos, Zoe Schlacter. Penso que não fiquei tão inspirada pelo estilo, mas mais pela atitude por detrás dele porque a confiança e crenças delas são tão libertadoras que quebram com aquelas regras que toda a gente impõe a si próprio tanto na sua vida, como quando se veste, baseado naquilo que os outros com quem nos vamos encontrar pensam, assim como a opinião da sociedade quanto a riscas verticais e padrões gigantes. Não digo com isto que devemos todos ir de pijama para uma reunião no trabalho, porque somos muito criativos e avant garde, simplesmente acho interessante esta capacidade de se libertar dos padrões que nos são incutidos diariamente por aquilo que vemos e aprendemos à nossa volta.

Por isso que quando uma pessoa passa por nós e gozamos com ela por estar vestida desta forma mais peculiar, em vez de cair no erro de a julgar, à que pensar nas camadas e no conjunto de histórias que a levaram a esse dia, e a essa roupa.
Pode até estar a passar pela sua “quinta-feira”, ou tem uma forma bem mais interessante de ver a vida.

E noutro assunto, como podem adivinhar pelo meu lenço cheio de gatos, que está na nova coleção da H&M, o meu desafio foi mal sucedido por várias razões que vou partilhar, mas noutro dia.
Tenham um bom fim de semana J
 ~



Translation:

Yesterday I went out with Carla to buy some materials we needed to build a few accessories for some pictures we want to take.
But at the last minute I decided to take the camera to be able to record the moment.
I thought it was a good time to mention something that happens to me quite often. Those days where you have no idea what to wear and everything seems to be ridiculous and you start to lose patience and putting things together that, were it not for the frustration, would never do and at the end we have something that looks fairly interesting. But when you actualy come outside,  do you really realize how silly you look. Well, it was more or less my Thursday.

I used to get more frustrated, but that was before my obsession with clothes and confusion and a bit of nonsense began. Thanks to Style like U and people like Eleonor Hardwick  Arabelle Sicardi  Zoe Schlacter.  I don’t think I was so inspired by the style, but more the attitude behind it because their trust and beliefs are so liberating that break those rules that people impose on themselves,. I do not mean by this that we should all go in pajamas for a meeting at work, because we are very creative and avant garde. I just mean that I find this interesting – the  ability to break free of the patterns that are instilled in every day by what we see and learn with the people around us.












                                                         

7 comentários:

Patrícia M. disse...

Adoro! São precisamente este tipo de looks que me fazem adorar o mundo dos blogs.. Ter personalidade a vestir é bem mais interessante do que andar atrás de tudo o que se diz que é correcto!
Coincidência das coincidências, fiz ontem um post sobre estas cores combinadas!

<3
http://zazzish.blogspot.pt/

riotdontdiet disse...

e mesmo assim nao acho mal vestido, adoro ver outfits de camadas, e as cores e padroes neste ficou tao cool! <3

MintJulep disse...

Pois que apesar de não gostar do mix que fizeste, acho perfeitamente natural que se misturem padrões e cores inusitados, só assim - através do experimentalismo - é que chegamos a quem somos, ao que gostamos, a como nos sentimos bem. Isto é que define o estilo próprio, esta procura, esta pesquisa, este tentar e experimentar. É como na comida, se nunca comermos espargos como é que sabemos se não gostamos?
http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.pt/

bellis disse...

tambem não gosto nada quand isso me acontece mas devo dzer que adorei o teu outfit e gosto muito de ver vermelho e rosa :)
estou ansiosa por ver as fotografias que voces andam a preparar.

Não vão visitar o Portugal Fashion hoje? eu também so estive lá um bocadinho ontem.

bjinho
bellis**

Alexandra disse...

Confesso que não gostei da tua combinação de cores, apesar adorar os padrões e as peças, principalmente o lenço. Mas adorei o facto de teres 2 vestidos e isso ser diferente do habitual. Gostei da tua atitude e do teu texto! :)
Sorrisos,
Alexandra :)

Passa nos meus cantinhos.
http://diariodumanovata.blogspot.pt/
http://pieces4knowledge.blogspot.pt/

Nancy Wilde disse...

Tons muito primaveris! Sou apologista da mistura de cores, padrões, texturas e tudo mais. Há-que arriscar.

Sofia Pereira disse...

gostei imenso do post :)
podes-me ajudar e seguir o meu blog? já sigo o teu!
http://www.justinventingfashion.blogspot.pt/

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Hostgator promo codes